Sorteio via Twitter: A menina mais fria de Coldtown ENCERRADA!


Hey, galerinha! Promoção rolando aqui pra vocês!

Vamos sortear um kit de A menina mais fria de Coldtown em parceria com a Novo Conceito.

Então de hoje (30/07) até sexta-feira (01/08), vocês podem participar a vontade, (lembrando de não abusar pra não virar spam).

Regrinhas? Nenhuma! 
Mas se quiser seguir  a editora (@Novo_Conceito) e a (@emporiolivros) no twitter, fiquem a vontade!

A frase de divulgação fica por conta da imaginação de cada um, lembrando que tem que colocar o link abaixo pra participar.

Quer mais chances para ganhar? Da uma olhadinha aqui A menina mais fria de Coldtown

Bjokas e boa sorte!

Resultado:


Parabéns, @serena_flor1964

Você tem até amanhã para me enviar por e-mail (vikol32@hotmail.com) seu nome completo, endereço e número do RG.

Bjoos!

Concurso Cultural: Compartilhando Histórias


Hey, galerinha! 
Sei que ando meio sumida (muuuuito na verdade), mas tenho meu motivos (aka, faculdade ='/) 
Então estou passando rapidinho por aqui pra contar de um super concurso cultural que a Editora Novo Conceito e o Maurício Gomyde prepararam para vocês.

Compartilhe com a gente uma foto de um grande momento da sua vida, conte um pouco sobre ela e concorra a 02 Kindles®. Chegou a hora de você ter a sua própria máquina de contar histórias!
Então corre e dá uma olhadinha no regulamento e participe!


Resenha: Boneca de Ossos - Holly Black

Poppy, Zach e Alice sempre foram amigos. E desde que se conhecem por gente eles brincam de faz de conta – uma fantasia que se passa num mundo onde existem piratas e ladrões, sereias e guerreiros. Reinando soberana sobre todos esses personagens malucos está a Grande Rainha, uma boneca chinesa feita de ossos que mora em uma cristaleira. Ela costuma jogar uma terrível maldição sobre as pessoas que a contrariam. Só que os três amigos já estão grandinhos, e agora o pai de Zach quer que ele largue o faz de conta e se interesse mais pelo basquete. Como o seu pai o deixa sem escolha, Zach abandona de vez a brincadeira, mas não conta o verdadeiro motivo para as meninas. Parece que a amizade deles acabou mesmo...
Livro no Skoob / Orelha de Livro

#HyperboleNaPlaneta | Desafio + Ação + Resenha: Hyperbole and a Half - Allie Brosh

Em Hyperbole and a Half situações lamentáveis, caos e outras coisas que me aconteceram, a autora apresenta alguns dos textos mais lidos e comentados em seu blog e também muito material novo, inclusive histórias sobre seus cachorros, um deles aparentemente com leves problemas mentais, sua luta para lidar com a depressão e ansiedade que insistem em dominá-la, além de anedotas hilárias sobre sua tumultuada infância. Sim, Allie foi uma criança difícil, Talvez a mais difícil de todas. Por exemplo, uma vez ela comeu um bolo inteiro só de burra porque sua mãe a proibira. E ela também atazanou a vida da família quando ganhou um papagaio de brinquedo que repetia tudo - tudo - que ela queria. Inteligente, irônico e absurdamente engraçada o livro traz o estio inimitável de Allie nos textos e nas ilustrações, além de alguns de suas típicas reflexões que conquistaram o coração de inúmeros leitores.
Livro no Skoob / + Informações

Resenha: Um Gato de rua chamado Bob - James Bowen

Quando James Bowen encontrou um gato ferido, enrolado no corredor de seu alojamento, ele não tinha ideia do quanto sua vida estava prestes a mudar. Bowen vivia nas ruas de Londres, lutando contra a dependência química de heroína, e a última coisa de que ele precisava era de um animal de estimação. No entanto, ele ajudou aquele inteligente gato de rua, a quem batizou de Bob (porque tinha acabado de assistir a Twin Peaks).
Depois de cuidar do gatinho e trazer-lhe a saúde de volta, James Bowen mandou-o embora imaginando que nunca mais o veria. Mas Bob tinha outras ideias. Logo os dois tornaram-se inseparáveis, e suas aventuras divertidas — e, algumas vezes, perigosas — iriam transformar suas vidas e curar, lentamente, as cicatrizes que cada um dos dois trazia de seus passados conturbados.
Um Gato de Rua Chamado Bob é uma história comovente e edificante que toca o coração de quem a lê.
Livro no Skoob / Orelha de Livro

Resenha: Mulheres de Água - Contos sobre o universo feminino - Gabriel Chalita

Mulheres de água: Tímidas ou lascivas. Rejeitadas ou assediadas. Fiéis ou volúveis. Avarentas ou perdulárias. Prudentes, perversas, esquisitas, amorosas. Ao percorrer esta coletânea de contos de Gabriel Chalita, o leitor tem a impressão de se ver diante de todas as mulheres e de todos os sentimentos do mundo. A complexidade das situações vividas pelas personagens é mostrada de modo sutil, e os recursos de narrativa vão do lírico ao satírico, passando pelo drama, com a habilidade de quem se apoia no olhar atento e na sensibilidade. Gabriel Chalita visita o universo feminino e penetra na alma dessas mulheres impressionantes. O leitor não deve esperar pelo deslumbramento, mas sim pela sinceridade. É a vida, como em um palco, escancarada para a avidez do leitor. Temos a solteirona que faz do projeto de encontrar um marido um compromisso em todos os lugares, dos bailes da terceira idade às missas dominicais. Temos a mãe, desesperada com o silêncio do filho supostamente desaparecido, escandalosa e patética. Temos a velhota cheia de manias, que se confessa com a amiga surda-muda. Temos a precavida professora que não põe o pé nem na fímbria do mar, por medo do tubarão. Denotando grande percepção, e com um estilo ao mesmo tempo claro e requintado, Gabriel Chalita descobre na mente de suas personagens medos, ambições, fragilidades, expectativas, frustrações. Sentimentos, afinal. Vida em estado bruto. O autor diz esperar que ninguém passe incólume por estas páginas. Não, não passará, como dizia o poeta. Cada um destes contos, como um afago ou um beliscão, deixará sua marca indelével no coração dos leitores.

Blog Selecionado!!

Estou Lendo

Google Analytics

Eu Apoio!

Visualizações de Página

Traduzir

Blog Protegido

MyFreeCopyright.com Registered & Protected
Emporio dos Livros © 2012 | Todos os Direitos Reservados | Design by Cantinho Cute Design